13 de dez de 2009

Metamorphoses

Aliás a primeira novela brasileira realizada por uma produtora independente tem fracassado totalmente. A expectativa da TV Record e da produtora paulista Casablanca era de atingir 20 pontos com "Metamorphoses". Mas a obra não tem ultrapassado os quatro pontos de audiência.

Mário Prata escreveu os primeiros capítulos de "Metamorphoses", mas abandonou o projeto logo no início e a diretora da Casablanca, Arlette Siaretta, assumiu o texto. Revoltada com os palpites da "dona da bola" Arlette Siaretta, Tizuka Yamazaki afastou-se da direção da novela. Quem assumiu seu lugar foi o sócio da Casablanca e marido de Arlette, Pedro Siaretta.

Apesar do ótimo elenco e da qualidade excelente de imagem (captada em alta definição), a novela apresenta seguidos erros de continuidade e enquadramento, além de um texto pobre e uma interpretação quase ridícula do grupo de "japoneses mafiosos". Além disso, praticamente todos os capítulos mostram em detalhes cenas de operações plásticas, com incisões, injeções nos olhos e sangue...

O acordo comercial com a Record previa o pagamento de US$ 40 mil por capítulo à Casablanca, mas já circulam rumores de que a novela será retirada do ar, e provavelmente vendida apenas para o mercado externo... 


(Buteco.com, 21/04/2004) 

Nenhum comentário: