21 de dez de 2009

"Não vou brigar com a Globo"


César Benjamin, ex-dirigente do PT, ao programa "Canal Livre", da Band, contando sobre uma conversa com Lula após a infame "edição do Jornal Nacional", às vésperas da eleição de 1989:


“Viajei em seguida a São Paulo, onde encontrei Lula. Tivemos um diálogo curto, que nunca esqueci. Lula me disse: ‘Cesinha, sabe quem me ligou nesses dias? O Alberico [então diretor de Jornalismo da emissora], da Globo. Jantei com eles anteontem. Derrubamos quatro litros de uísque. Eu pedi que não se preocupassem, que estava tudo bem entre nós. Não vou brigar com a Globo, não é, Cesinha?’

"Apesar dos anos passados, a citação é textual. Fiquei muito perturbado ao saber, pelo próprio Lula, que, no mesmo dia em que a militância do PT protestava na rua, para defendê-lo, ele 'derrubava quatro litros de uísque' com a direção da emissora que o havia agredido e humilhado, reiteradamente, nas semanas anteriores. A conversa serviu, para mim, como um sinal amarelo sobre o caráter do nosso líder. Mas sua imagem só desmontou definitivamente em 1994, quando bancos e empreiteiras começaram a financiar pesadamente o PT, à revelia da direção nacional e da militância, mantidas na ignorância dos novos esquemas paralelos.”


(foto do Canal da Imprensa) 


(almanaq, 01/08/2005)

Nenhum comentário: