21 de dez de 2009

Salman Rushdie


"Receio dizer que não gosto do trabalho de Paulo Coelho. Também não gosto de 'O Código Da Vinci', mas parece que o livro vende muito bem. Ou tenho mau gosto ou as outras pessoas têm", brincou o autor de "Versos Satânicos" e do recém-lançado "Shalimar, o Equilibrista". "Há livros facilmente consumíveis e que dão um conforto simples às pessoas. Não é o meu negócio."

(da Folha) 


(almanaq, 12/07/2005)

Nenhum comentário: