23 de jul de 2011

Amy Winehouse, "Love is a Losing Game"


For you I was a flame
Love is a losing game
Five story fire as you came
Love is a losing game

One I wish I never played
Oh what a mess we made
And now the final frame
Love is a losing game

Played out by the band
Love is a losing hand
More than I could stand
Love is a losing hand

Self professed... profound
Till the chips were down
...know you're a gambling man
Love is a losing hand

Though I'd bet on blind
Love is a faith resign
Memories mar my mind
Love is a faith resign

Over futile odds
And laughed at by the gods
And now the final frame
Love is a losing game

15 de jun de 2011

Chantal Kreviazuk, "Time"


Tema do filme Uptown Girls.

Time, where did you go?
Why did you leave me here alone?
Wait, don’t go so fast
I’m missing the moments as they pass
Now I’ve looked in the mirror and the worlds getting clearer
So wait for me this time
I’m down I’m down on my knees I’m begging for all your sympathy
But you (I’m just an illusion) you don’t seem to care (I wish that I could)
You humble people everywhere (I don’t mean to hurt you)
Now I’ve looked in the mirror and the worlds getting clearer
I’ll take what you give me. please know that I’m learning
So wait for me this time
I should’ve know better
I shouldn’t have wasted those days
And afternoons and mornings
I threw them all away
Now this is my time
I’m going to make this moment mine.
(I shouldn’t have wasted those days)
I’ll take what you give me. please know that I’m learning
I’ve looked in the mirror
My world’s getting clearer
So wait for me this time.

13 de mai de 2011

Vitas, Katyusha

Vitaliy Vladasovich Grachyov, ou Vitas, é um cantor de origem letônia de grande sucesso tanto na Rússia quanto em países asiáticos. Famoso por sua voz em "falsete", seu estilo incorpora elementos tanto da música pop quanto da canção lírica.

No vídeo, como convidado do Changchun Film Festival chinês, Vitas interpreta Katyusha and the Motherland.

3 de jan de 2011

America The Story of Us

1969. Contracultura, distúrbios em Paris, Guerra do Vietnam, avanço do Comunismo. Os valores da civilização ocidental postos em cheque. O historiador da Arte Kenneth Clark produz a memorável série Civilisation, em 13 episódios exibidos pela BBC. Focada nas realizações artísticas do Ocidente e apresentada como uma "visão pessoal" de Clark, a série percorreu as redes de TV do mundo e é exibida até hoje.

2010. Abalados pelo crash das Bolsas de 2008, pelo explosivo crescimento da China e pelas decisões políticas vacilantes de um presidente inexperiente, os EUA vivem sua crise de identidade e auto-estima. O canal History produz a série America The Story of Us, cujo foco é a história da superação da América em seus momentos de maior crise. Gravado em alta definição, com encenações primorosas e efeitos em computação gráfica, a série é um espetáculo de belas imagens. Cidadãos americanos diversos -- de acadêmicos e âncoras da CNN e NBC a Martha Stewart, Jimmy Wales, da Wikipedia, e hosts de séries do History -- dão seus depoimentos sobre qualquer tipo de assunto discutido, de Guerra Civil ao ônibus espacial. As belíssimas imagens em 3d são repetidas à exaustão, bem como as encenações, bastante sofisticadas para um documentário.

Porém, ao final de cada episódio, fica a impressão de se ter visto um "resumão" dos programas do canal History nos últimos anos, uma mistura de Maravilhas Modernas e Mãos à Obra, com pitadas de diversos outros shows. É certo que, em pleno 2010, com a TV em alta definição e seus produtos blu-ray, seria impensável a produção de uma série em diversos episódios onde apenas um senhor de meia-idade, terno e gravata, discursa sobre as obras de John Ruskin. É fundamental a cobertura que torna o produto palatável. Mas a sensação ao final é de certa confusão e vazio. Seria o destino da América viver das recordações de seu glorioso passado registrado e recriado em imagens? Ou faltaria mesmo uma "visão pessoal" de sua crise de identidade?

America The Story of Us no History.com

25 de ago de 2010

FotoGraphos


Estou afastado dos blogs pois estou sem tempo para escrever -- e hoje outras coisas estão me interessando mais. Menos textos e mais imagens. 

Visitem meu fotoblog:

29 de jul de 2010

Se um dia eu pudesse ver / meu passado inteiro...


Meu caminho é cada manhã
Não procure saber onde vou
Meu destino não é de ninguém
Eu não deixo os meus passos no chão

Se você não entende, não vê
Se não me vê, não entende
Não procure saber onde estou
Se o meu jeito te surpreende

Se o meu corpo virasse sol
Minha mente virasse sol
Mas só chove e chove
Chove e chove

Se um dia eu pudesse ver
Meu passado inteiro
E fizesse parar chover
Nos primeiros erros

O meu corpo viraria sol
Minha mente viraria
Mas só chove e chove
Chove e chove...

(Primeiros Erros, Capital Inicial & Kiko Zambianchi)

18 de jul de 2010

BAIRRISMO

O mundo, segundo os sulistas:


O mundo, segundo os paulistas:


O mundo, segundo os cariocas:


18 de jun de 2010

Copa 1974 - Alemanha 2 x 1 Holanda

A Copa de 1974, realizada na então República Democrática Alemã, marcou uma ruptura no tradicional esquema tático do futebol mundial. No famoso Carrossel Holandês, capitaneado pelo genial Johann Cruijff, o conceito de posição fixa foi substituído por um esquema rotativo de marcação, onde todos os jogadores participavam ativamente de cada lance. O brilhantismo de Cruijff e o envolvente esquema da Holanda levou o time a disputar a final com os donos da casa, que também contavam com um dos maiores jogadores de todos os tempos, Franz Beckenbauer.

No jogo final, disputado em 7 de julho de 1974 no Estádio Olímpico de Munique, a Holanda confirmava seu favoritismo, inaugurando o placar com um gol de Neeskens, de pênalti, logo aos 2 minutos de partida. Mas a Alemanha Ocidental empatou aos 25 min., também com gol de pênalti marcado por Paul Breitner. Aos 43 min., Gerd Müller marcou o gol do título alemão.

A Copa de 1974 teve um jogo inédito no dia 22 de junho, envolvendo as Alemanhas Ocidental (RFA) e Oriental (RDA). A RDA venceu o jogo por 1 x 0.

4 de jun de 2010

The Muppet Show, "In the Navy"

Produzido pelo criador de Vila Sésamo, Jim Henson, The Muppet Show foi exibido de 1976 a 1981 na TV americana. Com 120 episódios, contou com a participação de diversos artistas e cantores.

Do último episódio, produzido em maio de 1980, os Muppets interpretam In The Navy em um barco viking.

Lista de episódios:
http://muppet.wikia.com/wiki/Muppet_Show_Episodes

27 de mai de 2010

Live365.com - o futuro do rádio, hoje

Por volta de 1990 eu era ouvinte ativo das Ondas Curtas, e comentei uma vez com os colegas dexistas: no futuro teremos um receptor global que irá nos permitir sintonizar qualquer emissora no planeta. Bem, minha modesta "profecia" se realizou: hoje já temos este "receptor". Não é bem uma caixa com componentes eletrônicos e um dial, mas uma rede global que nos permite acessar informações sem limitações. Com o aumento da velocidade e largura de banda na Internet, as rádios online se multiplicaram. Ao contrário das emissoras tradicionais, que apenas reproduzem seu conteúdo na web, essas rádios passaram aos poucos a oferecer opções mais específicas a um público cada vez mais ávido por segmentação.

Uma das "sobreviventes" da bolha da Internet de 2000, a Live365.com é hoje o portal musical mais diversificado da web. São mais de 5.000 emissoras de 150 países, transmitindo música e programação de áudio em mais de 260 gêneros. As emissoras e DJs individuais pagam taxas mensais que são proporcionais ao número de ouvintes simultâneos. Já os ouvintes têm acesso gratuito à maioria das rádios com inserções publicitárias; uma assinatura mensal elimina a publicidade e dá um leque ainda maior de opções ao ouvinte.

Os gêneros musicais são extremamente variados e segmentados. Há emissoras dedicadas exclusivamente a um artista em particular, como por exemplo a 247Bach, com uma programação inteiramente voltada à obra de Johann Sebastian Bach. Outras são dedicadas a eventos, como a FaerieRadio, que traz músicas de artistas do festival FaerieWorlds. Há também as talk radios, emissoras de notícias e opinião em várias línguas, e rádios que transmitem exclusivamente airchecks, ou seja, gravações da programação de rádios do passado; em 2010, qualquer um pode ouvir as últimas notícias e o som de maio de 1960.

As rádios altamente segmentadas são hoje muito importantes para a afirmação de identidades culturais de grupos e nacionalidades, um tanto perdidas com a massificação cultural que ocorreu até os anos 80 e 90.

Algumas emissoras Live365:

Dryad Radio: música celta, fantasia e folclore
Santana Radio: dedicada à música de Carlos Santana
Music Radios Airchecks: transmite gravações de rádios dos anos 60 e 70, como a WABC New York
Poker Radio Network: música e histórias sobre o poker.
Rádio Bossa Encantada: Bossa Nova e música brasileira direto da Pousada Encanto de Itapoã, Salvador.

20 de mai de 2010

Comunicado

Comunico aos amigos e seguidores do blog que minha mãe, Helena Martins Malagrino, nos deixou nesta noite de quarta-feira, às 20:30.

Para ela, inicia-se um novo ciclo. Aqui, continuamos o nosso.

17 de mai de 2010

Sintel, made with Blender

A Blender Foundation, uma organização sem fins lucrativos e que desenvolve o software 3d Blender, está produzindo Sintel, uma animação de 10 minutos. Apresentando um tema épico e visualmente impactante, o filme está sendo desenvolvido dentro do conceito Open Source, ou seja, seu conteúdo é não-comercial, inteiramente de domínio público.

Alguns dos melhores talentos que trabalham com o Blender foram convidados para desenvolver o projeto no próprio Blender Institute em Amsterdam, Holanda, com todas as despesas pagas.

O trailer da animação foi lançado há alguns dias, e é de tirar o fôlego...

(Comentário inserido em 22/09/2011: quase um ano e meio depois vi a animação completa, de 15 minutos. É excelente, sob todos os aspectos: técnica, produção, roteiro e realização. A equipe liderada por Ton Rosendaal está de parabéns.)

http://durian.blender.org/about/

12 de mai de 2010

Novo blog: Celtic World

Convido os amigos a visitar meu novo blog, sobre cultura, música e história das nações celtas:

http://celticworld.wordpress.com

(em língua inglesa)

8 de mai de 2010

Fleetwood Mac & Christie McVie, "You Make Lovin' Fun"

Em um cenário dominado pelo grandiloqüente Rock Progressivo e ainda com a lembrança dos últimos álbuns dos Beatles e dos shows de Woodstock, fazer música pop comercial em 1976 era quase que uma heresia. Mas o melhor do gênero foi produzido nesta época, e certamente a banda Fleetwood Mac foi seu destaque.

No auge de seu sucesso, o Fleetwood Mac reuniu-se na Califórnia em 1976 para a gravação do álbum Rumours. Na verdade as sessões de gravação eram grandes festas em pleno estúdio, regadas a bebidas e drogas. Desentendimentos constantes entre os membros, separações e brigas entre os casais (Lindsay Buckingham e Stevie Nicks; Christie e John McVie) e constantes baixas a hospitais graças a todos esses excessos faziam a alegria dos tablóides e da mídia especializada na época.

Outro grande sucesso do álbum Rumours foi Dreams, composta por Stevie Nicks. Segundo palavras de Christie McVie, o Fleetwood Mac "fez sua melhor música no pior de sua forma".

No vídeo, a canção de Christie McVie, You Make Lovin' Fun.

7 de mai de 2010

Pilot, "Canada"


A banda escocesa Pilot teve sucessos bem comerciais no início dos anos 70, como Canada e Get Up and Go. A formação se desfez no final da década de 1970, e parte de seus integrantes formaram o conjunto de rock progressivo The Alan Parsons Project.

Canada foi tema de um comercial de TV da então Rádio Excelsior AM 780, "A Máquina do Som", em 1976. Era também um hit no programa musical TV2 Pop Show, da TV Cultura de S. Paulo.

6 de mai de 2010

Ace, "How Long?"


Outra da série "O que aconteceu com a música pop?": a banda britânica Ace, com os vocais de Paul Carrack. How Long?, de 1974.

Qualquer semelhança com Steely Dan não é mera coincidência.

4 de mai de 2010

Suzi Quatro, "48 Crash"

Não ouvia esta música completa desde 1974, e nunca me dei conta da energia contida na voz de Susan Kay Quatrocchio, a Suzi Quatro. O vídeo é incrivelmente atual; não fosse pelas camisetas regatas dos músicos, seria uma obra-prima retro do canal VH1...

Simples e clara evidência de que a música no século 21 acabou...

http://www.suziquatro.com