13 de dez de 2009

"Votos de 'American Idol' são incrivelmente racistas"



© idolonfox.com

Para mudar um pouco, vou falar sobre meu programa de TV favorito.

Elton John: "Votos de 'American Idol' são incrivelmente racistas"
[CNN/Reuters]

Polêmica agita o programa mais assistido da TV americana, American Idol. Após serem batizadas de "divas" pelo jurado Simon Cowell, as participantes Fantasia Barrino, LaToya London e Jennifer Hudson ficam com a menor quantidade de votos.

O programa elimina um candidato por semana, através de votação por telefone ou mensagem via celular. Das "divas", Jennifer Hudson obteve a menor quantidade de votos e foi desclassificada, apesar de ser apontada por muitos como uma das favoritas.

Para o cantor e compositor Elton John, um dos homenageados no programa, voto do público americano foi "racista":
- Essas três participantes me impressionaram muito. Elas são negras, mas estão sempre entre as menos votadas. Sinceramente achei isso incrivelmente racista.

O apresentador Ryan Seacrest chamou a atenção do público ao final do programa:
- Lembrem-se que este não é um concurso de popularidade. Podemos estar perdendo aqui grandes talentos.

Já o jurado Simon Cowell foi mais enfático:
- Isto é o que acontece quando a América vota.

American Idol é exibido nos EUA pela Fox TV, e sua audiência é de cerca de 30 milhões de espectadores.
--

(Para mim, além de um possível racismo por parte de alguns votantes, as "divas" devem ter assustado o público com seu repertório mais adulto. A audiência de American Idol, composta em sua maior parte de adolescentes, preferiu candidatas mais jovens, como a loirinha Diana deGarmo (de 16 anos) e a havaiana Jasmine Trias (de 17), apesar de serem cantoras razoáveis e um pouco desafinadas...) 


(Buteco.com, 02/05/2004)

Nenhum comentário: