4 de jan de 2010

O arranha-céu brasileiro



O Edifício Mirante do Vale, localizado no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, é o maior edifício brasileiro. Finalizado há 50 anos, em 1960, possui 51 andares e 170 m.

Embora não seja tão famoso quanto outros ícones paulistanos (como o charmoso Edifício Itália, o estranhíssimo Copan e o elegante Altino Arantes, o "Prédio do Banespa"), o perfil retrô e impessoal do Mirante do Vale, ex-Palácio Zarzur, se destaca no centro antigo da capital paulista.

5 comentários:

Dulce disse...

Não é incrível como andamos por décadas em uma cidade sem atentarmos para os detalhes que a formam? Este seu post fez-me lembrar de uma visita que fizemos, nos distantes tempos de minha infância (rs) a uma amiga de meus pais que residia em São Vicente (Litoral Paulista). Diante de meus olhos maravilhados frente ao imenso mar, ela confessou que fazia mais de dez anos que não ia a praia!...
Assim, o Centro Velho de Sao Paulo esconde verdadeiros tesouros arquitetônicos que, mergulhados na correria do dia-a-dia, nem enxergamos...
Um abraço e bom dia

Claudio disse...

Dulce, obrigado pela visita.

Pois é, e essa informação obtive através de sites no exterior, de aficcionados por edifícios que catalogam todas as cidades do mundo.

Já por aqui o ex-Palácio Zarzur é um ilustre desconhecido...

Grande abraço.

Sid disse...

Olá Cláudius! É isso mesmo? Essa foi surpresa. O que "vendem" por aí é que top em altura é o "Itália". Na minha próxima visita ao Centro vou reparar no "Mirante do Vale". Alias, concordo com os comentários da Dulce, incrível como não nos atentamos a detalhes maravilhosos que estão muitas vezes em nosso caminho diário. Não sou fotógrafo, mas gostaria de um dia sair por aí e começar a fotografar a parte de cima de ruas famosas de São Paulo. Tem cada obra arquitetônica linda, e ninguém vê, ninguém dá valor...

Claudio disse...

Sidronius, o Itália realmente é o mais alto, só que em relação ao nível do mar. O Mirante do Vale, justamente por estar localizado no Vale do Anhangabaú, não tem o mesmo destaque.

Agora cá entre nós, é um edifício feio demais, hem?

Sid disse...

É verdade... O arquiteto que projetou esse edifício não teve muito trabalho, bem "arroz com feijão". Alias, deveriam mandar o Lula para lá, no final de 2010, imagina a alegria daquele pau d'água morando no 51º andar!!!