28 de fev de 2010

José Mindlin: uma vida dedicada aos livros

Faleceu nesta manhã de domingo, 28 de fevereiro, aos 95 anos, o bibliófilo José Mindlin.

Filho de judeus nascidos em Odessa, Ucrânia, Mindlin formou-se em Direito, mas foi no setor industrial onde obteve seu maior êxito: fundou a indústria Metal Leve, que se tornou uma gigante no setor de peças para automóveis.

Após se afastar da empresa em 1996, José Mindlin dedicou-se integralmente à atividade de colecionar livros raros, paixão que mantinha desde os 13 anos. Seu acervo chegou a possuir cerca de 38.000 obras.

Em 2006 Mindlin foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras. Seu acervo de livros brasileiros foi doado à Universidade de São Paulo. Em boa parte digitalizado, pode ser acessado pelo endereço
http://www.brasiliana.usp.br/

2 comentários:

Sid disse...

Grande perda. Sobre isso, como não tem holofotes internacionais em cima do assunto, o nosso ignóbil presidente não fala nada. Alias, acho que ele nem sabe quem foi "esse tal de Mindlin", na cabeça dele deve achar que é o nome de um dos 7 anões...

Claudio disse...

O Boçal não gosta de livros. Diz que dá sono.

Os bons se vão, a boçalidade fica.